Cacilda
 

Doze homens e uma sentença


Texto Reginald Rose

Tradução Ivo Barroso

Direção Eduardo Tolentino de Araújo

Atores André Garolli, Augusto César, Brian Penido, Eduardo Semerjian,

Fernando Medeiros, Genésio de Barros, Ivo Muller, José Renato,

Marcelo Pacífico, Norival Rizzo, Oswaldo Mendes, Riba Carlovich

e Ricardo Dantas

Cenário e Figurinos Lola Tolentino

Iluminação Nelson Ferreira

Operador de Luz Fábio Cabral

Produção Executiva Beth Costa

Assistente de Produção Mariza Junqueira

Produção Ana Paz

Centro Cultural Banco do Brasil - SP

Escrito por Lenise Pinheiro às 07h58

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Geopolítica da Cultura

O filósofo francês François Jullien, da universidade Paris-VII e consultor de corporações interessadas em entrar na China, referência para artistas diversos como Bernardo Carvalho e Enrique Diaz, passou praticamente despercebido pelo Brasil, no fim de semana.

Do incrível fórum Geopolítica da Cultura, que Gilberto Gil e Laymert Garcia programaram na Cinemateca Brasileira, o que ficou gravado foi o show de Gil no encerramento.

Da tentativa de compreender "o que se passa na cultura", diante da ordem global que sobreveio à crise do capitalismo ocidental em 2008, nada. Das palavras de Samuel Pinheiro Guimarães, Eduardo Viveiros de Castro, Ladislau Dowbor, nada.

Mas o que não consigo mesmo compreender é como Jullien, referência há décadas na relação entre a civilização ocidental e a civilização chinesa, que está nas mentes e nas manchetes de todo o mundo, passou por São Paulo sem ser notado.

Eu mesmo só fui à Cinemateca na última hora, depois de chamado por um amigo, que por sua vez teria ficado sabendo pelo Facebook, meio para tanta coisa que acontece hoje em cultura, no teatro ao menos.

Jullien, me avisou o amigo, não tinha muito o que dizer, em quantidade. Mas discorreu longamente, perto de uma hora, construindo aos poucos o que tinha para revelar.

Ele tem uma ideia, uma imagem para contrastar a tradição que vem dos gregos com aquela, também milenar, dos chineses: de um lado, "ação", como no teatro; do outro, "transformação". Quando afinal lançou as duas expressões e também a palavra "teatro", foi como se tivesse completado um quebra-cabeças.

A imagem não condena o Ocidente nem redime o Oriente, apenas indicou o que já se tateava. Ou seja, há diferença, singularidade na China, em sua cultura. Ela é menos "espetacular", sua trajetória não se dá em golpes de teatro, como tantas vezes na trajetória ocidental. Diante de um conflito, não busca um fim, uma catarse.

De passagem, sem sem aprofundar, Jullien abordou o Brasil como uma ponte entre as duas tradições.

Já emprestei dois livros seus, comecei a ler "Tratado da Eficácia" e vou atrás do recente "O Diálogo Entre as Culturas". Talvez volte a escrever sobre ele aqui, no blog. Há mais de um ano estudo uma peça chinesa que, creio, retrata esta China contemporânea. Jullien deu uma chave para compreendê-la.

Quanto ao show de Gil, Pedro Alexandre Sanches relata, aqui.

Escrito por Nelson de Sá às 21h54

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A Dócil

Dramaturgia Dagoberto Feliz e Pedro Mantovani

à partir da novela A Dócil, De Fiodor Dostoievski

Direção Pedro Mantovani

Atores Dagoberto Feliz e Patrícia Gifford

Música Demian Pinto

Cenário Bira Nogueira, Dagoberto Feliz, Patrícia Gifford

e Pedro Mantovani

Iluminação Aline Santini

Assistência de Iluminação Felipe Scalzaretto e Patrícia Zalewska

Figurinos Marcela Donato, Patrícia Gifford e Dagoberto Feliz

Cenotécnica Bira Nogueira

Produção Patrícia Barros e Osmar Germano Guerra

Galpão Folias - SP

Sextas, Sábados e Domingos 18h

Escrito por Lenise Pinheiro às 07h32

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Produção Experimento - Espaços e datas de apresentação

Dia 16 de novembro
 
Grupo 6 – SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO
Espaço: Fábrica FERLA
End.: Rua do Gasômetro (embaixo do elevado no Largo da Concórdia)
Horário: 11h30min – 13h
 
Dia 17 de novembro
 
Grupo 3 – HAMLET MACHINE

Julio Razec

Direção Luciana Ramin e Julio Cezar Almeida

Atores Breno da Matta, Daniela Oliveira, José Sampaio, Juliana Straub,

Véver Bertucci, Luciana Ramin, Julio Razec,Dione Carlos e Daniel Graziane,

Fernando Azambuja, Gerson Santana, Leo Santana, Mariana Pedroso,

Nani Catta Preta, William Carioca e Isaac Feitosa

Dramaturgia Dione Carlos e Daniel Graziane.

Iluminação Fernando Azambuja

Sonoplastia Gerson Santana e Leo Saldanha

Técnicas de Palco Mariana Pedroso, Nani Catta Preta e William Carioca

Cenografia e Figurino:Isaac Feitosa

Rodolgo Garcia Vazquez

Hildebrando de Castro

Gerson Santana e Luciana Ramin


Espaço: Fábrica Ferla
Horário: 10h30min – 12h
 
Grupo 4 – AS RÃS

Dramaturgos Alex de Araújo , José Ricardo Soares  e Paulo Pereira

Direção Sandra Storino e Vanessa Guilèn

Atores Amanda Nicolosi, Fagner de Almeida, Gabriel Granado, Gilberto Barbosa,

Mahara Guidolin e Maressa Mendes

Cenografia Gabriela Barreiros, Maísa Donnini e Roberta Costa

Iluminação Charly Jang (foto), Elaine Silva e Paulo Francisco de Souza

Sonoplastas Camila Borges de Oliveira, Jean Vidal Gonçalves Molina

e Samuel Gambini Damasceno

Técnicos de Palco Alice Nascimento Silva, Márcio Fernandes Silva Junior

e Taís Alves Teixeira

 

 


Espaço: Fábrica Ferla
Horário: 13h – 16h
 
Dia 18 de novembo
 
Grupo 7 – SANTA JOANA DOS MATADOUROS
Espaço: Fábrica FERLA
Horário: 10h – 17h30min
 
Grupo 8 – MACUNAÍMA
Espaço: Arsenal da Esperança
End.: Rua Dr. Almeida Lima, 900
Horário: 15h – 19h
 
Dia 19 de novembro
 
Grupo 1 – AS TROIANAS
Espaço: Associação Promotora de Instrução e Trabalho para Cegos (APIC)
End.: Rua Cajuru, 730
1ª sessão: 9h
 
 
Grupo 2 – UBU REI
Espaço: SP Escola de Teatro
End: Avenida Rangel Pestana, 2.401 – Brás
1ª sessão: 10h – 2ª sessão: 12h
 
 
Dia 20 de novembro
 
Grupo 5 – O REI DA VELA
Espaço: Escola de Samba Mocidade da Mooca
End.: Embaixo do Viaduto Bresser (Radial Leste)
1ª sessão: 11h – 2ª sessão: 14h
 
 
Grupo 1 – AS TROIANAS
Espaço: Associação Promotora de Instrução e Trabalho para Cegos (APIC)
End.: Rua Cajuru, 730
2ª sessão:  10h – 3ª sessão: 12h

Escrito por Lenise Pinheiro às 14h18

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Assurbanipal Magic Club

Direção e composição cênica e dramaturgia Mauricio Paroni de Castro

Atores Érika Forlim, Helena Magon, Janine Correa, Josué Torres,

Leandra Demarchi, Mago Follini, Mauricio Paroni de Castro,

Patrícia Aguille e Raissa Peniche.



Produção e realização Atelier de Manufactura Suspeita

Colaboraram – funções variáveis no decorrer das réplicas do espetáculo

Adriana Vaz Ramos, Célio Amino, Sara Gassal, Simonia Queiroz,

Thais Simi, Otavio Azevedo, Eugenio Scoletta


Administração Sylvia Soares

Espaço dos Satyros 1 - SP

Segundas feiras 21h

Escrito por Lenise Pinheiro às 13h40

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Lenise PinheiroO blog Cacilda é coordenado por Nelson de Sá, articulista da Folha, e pela repórter-fotográfica Lenise Pinheiro.

SITES RELACIONADOS

RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. ɉ proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.