Cacilda
 

Concerto de Ispinho e Fulô

Dramaturgia  Cia. do Tijolo a partir da vida e da obra do poeta Patativa do Assaré


Direção Rogério Tarifa 


Atores Dinho Lima Flor, Fabiana Vasconcelos Barbosa,

Karen Menatti, Rodrigo Mercadante e Thais Pimpão 


















Músicos  Aloísio Oliver, Jonathan Silva, Maurício Damasceno 


Direção Musical  William Guedes


Figurino Silvana Marcondes 

Desenho de Luz  Fábio Retti

Iluminador Assistente Danilo Mora


Composições  Jonathan Silva e Dinho Lima Flor 

Produção Elisa Dutra


Agradecimentos Marcelo Airoldi (foto), Lilian de Lima e Fabrício Lacerda Cardeal

Teatro Coletivo - SP

Sábados  21h e Domingos 20 h

Escrito por Lenise Pinheiro às 12h16

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

As Viúvas

Texto Arthur de Azevedo
Direção Sandra Corveloni

Atores Brian Penido, Camila Turim, Clara Carvalho, Fernando Paz,

Riba Carlovich, Sandra Corveloni, Tony Guisti

Figurinos Lola Tolentino
Músicas Paulo Marcos

Viga Espaço Cênico - SP

Fevereiro 16 e 17 às 18h

               23 e 24 às 21h

Escrito por Lenise Pinheiro às 10h07

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jovens senhores dos palcos

Edson Celulari e Miguel Falabella

Teatro Bradesco - SP

Escrito por Lenise Pinheiro às 18h23

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Abracadabra

Algumas poucas coisas que sei de Luiz Päetow.

Aprendeu a fazer pão, durante estada na França, e foi seu sustento, por algum tempo. É de tal forma voltado à cena que faz qualquer coisa para integrar a carne e a alma, em comunhão. Foi o diretor mais promissor que entrevistei, então assistente, quando de meus tempos de repórter de teatro.

Entusiasmado, brilhante, mas respeitoso, talvez demais.

"Abracadabra", às segundas no Sesc Anchieta, é ainda melhor que sua encenação anterior, de "Music Hall". São suas a "criação", o "texto" e a "atuação", além da "direção". Não é possível distinguir bem as quatro, neste "one man show". É tudo decorrente de Luiz Päetow, sem distinção, em experiência semelhante a ver Spalding Gray em cena, ainda com texto em criação, como fiz há muito tempo.

Como aquele, também ele não tem texto fechado. Pelo que conta Ricardo Muniz Fernandes, que participou em "colaboração", as palavras mudam, como tudo mais no espetáculo, inteiramente "em processo".

Se bem compreendi, sua escrita repetitiva, nesta estreia como autor, remete a Gertrude Stein, que traduziu e levou ao palco, mais de uma vez, mas também a Sarah Kane. Esta, que conhecemos juntos, dizia não se importar com a apreensão de sentido pelo público, mas com seu envolvimento rítmico, musical, pelas palavras.

Se se permitir, imagens e sentidos transparecem, afloram aqui e ali, muitas vezes depois da apresentação.

E o mais importante é que a peça afirma a presença, "live". Não é outro o tema, como indica o título. Na direção, como na dramaturgia em mutação permanente, uma ideia simples, transferir a iluminação para o público, cada espectador no comando da luz, movimentando-se por palco e plateia, tem resultados que eu jamais poderia esperar.

As pessoas brincam, como estivessem com um lápis de cera ou giz, projetam e distorcem imagens por todo lado, como crianças.

Foi dos momentos mais inusitadamente lúdicos que já passei num teatro: alguém, no escuro da sala, cercava minha luz, projetada na lateral da plateia, chamava para correr, depois se escondia.

Sob impacto da direção, senti alguma falta da atuação, do ator. Gosto de relacionar Luiz Päetow ao Edward Norton de "Fight Club", ao som de "Where is My Mind?", violento, integralmente concentrado. Não tem muito dele, em "Abracadabra".

Para registro, por fim, é curioso pensar que Luiz e seu grande mestre, Antunes Filho, estreiam como autores no mesmo momento, no mesmo lugar. Um confronto e tanto.

Escrito por Nelson de Sá às 13h27

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jardim Inverso

Texto Denio Maués, Drika Nery e Luis Eduardo
Direção Paulo Faria
Atores Germano Mello, Lorenna Mesquita e Marcos Gomes

Sede Luz do Faroeste - SP

Sábados 19h

Escrito por Lenise Pinheiro às 10h08

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Lenise PinheiroO blog Cacilda é coordenado por Nelson de Sá, articulista da Folha, e pela repórter-fotográfica Lenise Pinheiro.

SITES RELACIONADOS

RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. ɉ proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.